Governo americano classifica Brasileiro como Latino e/ou Hispano?

Spread the love




 

Você concerteza já se deparou com o preenchimento de algum formulário americano, que pergunta qual a sua etnia ou raça. Primeiramente, Etnia é uma coisa totalmente diferente de Raça.

Conforme o nosso dicionário Priberam, Etnia é o agrupamento de famílias numa área geográfica cuja unidade assenta numa estrutura familiar, econômica e social comum e numa cultura comum. Por exemplo, Hispânico ou Europeu são etnias. Já Raça é a divisão tradicional de indivíduos cujos caracteres físicos biológicos são constantes e hereditários. Por exemplo, Branco, Negro ou Asiático.

Quando me deparo com preenchimentos, pessoalmente, nunca sei classificar a minha etnia ou raça entre Latino, Hispâno ou Branco. Bom, Hispâno eu sei que não sou, pois sou Brasileiro, porém, Latino já fica um pouco controvérso.

Se aprofundando nisso, podemos falar que Latino são todos os países da América do Sul, América Central e América do Norte com exclusão somente de Canadá e Estados Unidos. Já Hispâno são países na qual possuem a língua espanhola como língua nativa. Portanto, Hispâno inclui a Espanha.

Até nessa parte está bem entendível. Porém, para os americanos nós somos ou não somos latinos?

Conforme o US Census Bureau, o termo Hispânico deve ser usado de acordo com os seguintes critérios: “Spanish speakers and persons belonging to a household where Spanish was spoken; persons with Spanish heritage by birth location; or persons who self-identify with Spanish ancestry or descent”.

Na tradução seria: “Falantes espanhóis e pessoas pertencentes a família de onde o espanhol é falado, pessoas com herança espanhola pelo local de nascimento, ou pessoas que se auto-identificam com descendentes e ancestrais espanhóis”.

Portanto, sabemos facilmente que para os americanos não somos classificados como Hispano.

Ainda segundo US Census Bureau a classificação como Hispânico ou Latino é “is limited specifically to Spanish culture or origin, and therefore does not include Brazilian Americans. However, Brazilians are recognized as Latin Americans, so some dictionary definitions may include Brazilians and Brazilian Americans as Latinos. Also, in census forms and other questionnaires, Latino identity is the choice of the respondent, so that Brazilian Americans can thus self-identify as Latinos. However, the U.S. government’s population reports do not include Brazilian Americans with Hispanic and Latino Americans”.

Na tradução seria: “É limitado especificamente para a cultura ou origem espanhola, e assim sendo, não inclui Brasileiro Americano. Contudo, Brasileiros são reconhecidos como Latino Americanos, então algumas definições do dicionário podem incluir Brasileiros e Brasileiros Americanos como Latinos. Também, em formulários do censo e outros questionários, identificar-se como Latino é de escolha do correspondente, que Brasileiros Americanos podem se auto-identificar como Latinos. Contudo, os relatórios do governo americano não inclui Brasileiros Americanos como Hispânico ou Latino Americano”.

De acordo com isso, podemos notar que o governo americano considera o Brasileiro como Brasileiro Americano e não Latino ou Hispânico.

Portanto, quando precisar preencher algum formulário americano, nós Brasileiros, podemos marcar ou não marcar a opção Latino. Caso haja algum campo denominado Outro, podemos especificar Brasileiro Americano, como o próprio governo americano nos classifica. Por fim, também podemos marcar a opção Branco/Caucasiano, Preto/Afro-Americano, ou outra opção que se auto-considere.

Lembrando somente que nos Estados Unidos, você chamar uma pessoa de Negro, é considerado um insulto, ao contrário do Brasil, que chamar de Preto é um ato racista. O correto, aqui nos Estados Unidos, é chamar de Preto (Black) ou em uma melhor especificação Afro-Americano (African American).

Espero que ajude a esclarecer um pouco.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *