Plano de Reforma tributária que está para aprovação do senado, promete acabar com Obamacare e cortar imposto da classe média

Spread the love




 

Muitas famílias com rendimentos anuais de menos que $75.000 anuais, vão ver um aumento significativo nas contribuições de impostos se o congresso aprovar o controvérso plano de reforma tributária de $ 1,5 trilhão em uma década.

O senado estará votando na data de hoje, um plano de corte de impostos, que de acordo com os promotores republicanos, reformará o sistema de impostos tributários, ajudando a classe média e encorajando a criação de novos empregos. A Câmara dos Deputados aprovou uma versão no mês passado, e isso terá que ser harmonizado num único texto para ir para o senado aprovar.

O plano enfrenta a rejeição unânime de democratas e grupos civis progressistas em todo os EUA porquê, cortes de impostos são permanentes para corporações, mas são temporárias, até 2025, para indivíduos.

Se o congresso aprovar, daria ao presidente Donald Trump uma importante vitória política, e os republicanos teriam algo pra mostrar, antes das eleições de novembro de 2018.

Trump “vendeu” o plano como um “presente de Natal maravilhoso”, e durante uma visita ao Missouri, ele reiterou que irá beneficiar as famílias da classe média.

Contudo, durante uma conferência, representantes de grupos pró-imigrantes disse que os latinos em geral, seriam os que mais afetados e que perderiam com o plano fiscal, tomando em consideração a média salarial dos latinos que era de $47.675 em 2016.

O plano também elimina á claúsula Obamacare que requere seguro de saúde, significando que 13 milhões de pessoas vão perder a cobertura médica. Os republicanos vendem isso como lucro porque isso deveria ec0nomizar $338 milhões de dólares em uma década, dos cofres do governo, pois milhares de pessoas que não compram seguro não recebem subsídios para os pagamentos mensais.

“Acreditamos que o nosso código tributário deve apoiar as famílias que trabalham, garantir que todos, inclusive os mais ricos e as empresas, paguem sua parte justa (de impostos) e invistam em tudo por um futuro mais promissor, mas o plano republicano não faz nada disso”, disse o representante.

 

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *