O projeto de Lei que poderia mudar a imigração dos EUA para sempre

Spread the love




 

Um novo projeto que está no congresso dos Estados Unidos poderia mudar o jeito que qualificados imigrantes teriam acesso a cidadania dos Estados Unidos.

O Republicano representante do Kansas, Kevin Yoder tem se tornado o principal interessado no projeto “Justice Law For Highly Qualified Immigrants“, ou em outras palavras, Lei Justa para Imigrantes Altamente Qualificados.

O Projeto era representado por Jason Chaffetz, mas hoje Yoder é o principal representante da iniciativa que tem mais de 50 interessados e em torno de 289 votos à favor.

O programa consiste em eliminar quotas que os países tem para acessar a cidadania graças ao visto de trabalho. Em particular, a iniciativa visa favorecer os imigrantes que vêm para os EUA com vistos de trabalho, principalmente da Índia ou da China e enfrentam uma grande demora na obtenção de sua residência permanente, o famoso Green Card.

Dos 140.000 Green Cards que são entregues anualmente nessa categoria, somente 9.800 pode ser entregues a imigrantes de qualquer outra nação. O problema é que no país, há entre 700.000 a 2 milhões de imigrantes da India com vistos de trabalho aguardando pelo Green Card.

De acordo com a lei atual, esses imigrantes recebem quase três vezes mais tempo para obter sua residência resultante de um visto de trabalho do que para um imigrante de qualquer outro país.

Sob as cotas atuais por país, países como a Índia e a China, que representam mais de 40% da população mundial, recebem a mesma quantidade de Green Cards através deste processo inclusive países pequenos, como as Bahamas, Chipre ou a Albânia, países que têm milésima parte da população mundial.

A Justiça para Imigrantes altamente Qualificados visa corrigir este problema e deixar um sistema no qual todos os empregados altamente qualificados recebem seus Green Cards na ordem em que são aplicados, com base apenas nas habilidades que estão trazendo para os EUA e não somente na quantidade numéria que cada país tem.

Atualmente, se um imigrante estiver nos EUA com um visto H-1B, seu cônjuge e seus filhos podem entrar no país, mas no momento em que as crianças atingirem 21 anos, eles devem obter seu próprio visto H-1B ou deixar o país.

O problema que o deputado Kevin Yoder explica para a revista Forbes é que “o número de petições para imigrantes da Índia obriga-os a esperar muito tempo, deixando suas famílias no limbo”.

No entanto, outros setores da comunidade de imigrantes, bem como setores do Partido Democrata, se opõem ao projeto de lei por causa das conseqüências que ele poderia trazer.

Se o projeto for aprovado, a política atual que favorece a diversidade na imigração para os Estados Unidos seria substituída por uma “primeira política da Índia”, que permitiria que os imigrantes desse país obtenham quase 100% dos Green Cards de residência com base em empregos por um tempo, estabilizando após um período de cerca de 75% do total de “Green Cards”.

Isso levaria a longos atrasos que agora só afetam a Índia, a China e as Filipinas sendo transferidas para imigrantes de todo o mundo.

 

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *